Galerias brasileiras na ARCOlisboa 2018

De 17 a 19 de maio, acontece a terceira edição da ARCOlisboa. Em 2018, a feira reúne 72 galerias,
de 14 países (um crescimento de 22,5%), na Fábrica Nacional da Cordoaria. Três delas são brasileiras: Eduardo Fernandes (SP), Galeria Millan (SP) e Anita Schwartz Galeria de Arte (RJ).

A galeria carioca vai levar para seu stand na feira um diálogo entre os trabalhos das artistas Carla Guagliardi e Daniela. Ambas abordam em sua pesquisa questões relativas à exploração poética dos três
entes geométricos fundamentais: ponto, reta e plano.

Nas obras de Carla Guagliardi, a tensão entre peso e leveza se coloca como questão fundamental. Suas peças escultóricas e instalativas exibem equilíbrio improvável em materiais que oscilam entre brutalidade e sutileza. Já Daniela Antonelli é uma jovem artista que tem uma pesquisa abrange de desenhos minuciosos e vertiginosos a instalações em grande escala. O espaço galeria mostrará ainda um trabalho de Mira Schendel.

No stand da Galeria Eduardo Fernandes, estarão expostas obras de Cláudia Melli, Luz Lizarazo, Mai-Britt Wolthers, Patricia Rebello, Sergio Lucena e Silvia Mecozzi.

Paralelamente à ARCOLisboa, o espaço Torreão Nascente da Cordoaria vai receber um programa de debate e reflexão sobre colecionismo. O programa contempla a realização do Fórum de Colecionismo, coordenado por Isabel Carlos, bem como do Fórum de Museus, e do II Encontro de Museus da Europa e da América Latina, dirigido por Pedro Gadanho. De igual modo, e coordenadas por Filipa Oliveira, as sessões ´Em que é que estou a trabalhar´, reunirão profissionais internacionais para partilharem os seus projetos atuais e futuros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *