Divulgados os finalistas do Prêmio de Residência da SP-Arte/2018

Pelo sexto ano, a SP-Arte promove seu Prêmio de Residência. Este ano, o programa oferece uma estadia de três meses na Delfina Foundation, uma das principais organizações do gênero, sediada em Londres. Fundação independente, sem fins lucrativos, criada em 2007, a Delfina atua facilitando o intercâmbio artístico e desenvolvendo práticas criativas através de residências, parcerias e programação pública.

Na última quinta-feira, o evento divulgou os cinco artistas finalistas. São eles:

Daniel Jablonski (Rio de Janeiro, 1985), representado pela Janaína Torres Galeria (SP)
Daniel Lie (São Paulo, 1998), representado pela Casa Triângulo (SP)
Igor Vidor (São Paulo, 1985), Galeria Leme (SP) e Luciana Caravello Arte Contemporânea (RJ)
Laura Belém (Belo Horizonte, 1974), Galeria Athena Contemporânea (RJ)
Marcelo Cidade (São Paulo, 1979), Galeria Vermelho (SP)

O vencedor será anunciado no dia 12 de abril, quinta-feira, durante o primeiro dia aberto ao público da SP-Arte/2018. A feira acontece de 12 a 15 de abril no Parque Ibirapuera, portão 3 (Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n – São Paulo). A seleção final do júri, composto por representantes da Delfina Foundation e da SP-Arte, será feita a partir das obras desses artistas, necessariamente estarão expostas no evento.

No ano passado, o Prêmio de Residência SP-Arte foi concedido às artistas Alice Shintani (Galeria Marcelo Guarnieri) e Regina Parra (Galeria Millan).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *